26/02/2019
TCU aponta risco de sonegação e lavagem de dinheiro na Agência Nacional de Mineração

Texto: Guilherme Amado/Época
Foto: Ricardo Teles/Portal Brasil

O Tribunal de Contas da União (TCU) encontrou fragilidades na Agência Nacional de Mineração (ANM) que podem levar a perdas de arrecadação e lavagem de dinheiro.

De acordo com o Tribunal, a fiscalização promovida pela agência é deficiente e não há estrutura tecnológica para a área de arrecadação da compensação pela exploração de recursos minerais.

Os ministros determinaram que a ANM se manifeste sobre o assunto em até 60 dias.







Outras Notícias: